Avaliação Da Densidade Óssea

A densidade óssea é um dos fatores mais importantes para o sucesso dos implantes dentários. E a tomografia de alta resolução é uma ferramenta diagnóstica valiosa que pode fornecer informações precisas sobre a densidade óssea e a anatomia da região onde o implante será colocado. 

A densidade óssea é medida em unidades Hounsfield (UH) na tomografia de alta resolução, que é uma escala de radiodensidade. A densidade óssea ideal para implantes dentários é de cerca de 1000 UH ou mais. Valores abaixo de 500 UH indicam uma baixa densidade óssea, o que pode comprometer a estabilidade do implante e aumentar o risco de falha. 

Além da densidade óssea, a tomografia de alta resolução também pode revelar informações importantes sobre a anatomia do osso, como a presença de irregularidades, defeitos ou cavidades ósseas que podem afetar a posição e a estabilidade do implante. 

A análise da anatomia óssea é especialmente importante em áreas como a maxila posterior, onde o osso pode ser limitado em altura e largura devido à presença do seio maxilar. A tomografia de alta resolução permite que o dentista avalie com precisão a quantidade de osso disponível e determine se é necessário realizar técnicas de aumento ósseo antes da colocação do implante. 

Seja um dentista parceiro Imagem Radiologia e tenha acesso ao melhor tomógrafo da atualidade: o VERAVIEW X800 DA MORITA 

Sobre o blog

Um canal sobre qualidade e comprometimento em radiologia odontológica.

categorias

posts destaque