Defeito ósseo de Stafne na tomografia de alta resolução

O defeito ósseo de Stafne, também conhecido como cavidade óssea de Stafne, é uma variação anatômica rara, caracterizada pela presença de uma depressão na cortical mandibular, muitas vezes preenchida por glândula salivar.

Frequentemente é descoberto incidentalmente em exames radiográficos de rotina, e pode ser confundido com outras patologias ósseas em radiografias 2D, levando a intervenções desnecessárias e estressantes para o paciente.

No entanto, a tomografia de alta resolução fornece uma visualização tridimensional detalhada da área de interesse, permitindo ao profissional diferenciar claramente o defeito ósseo de Stafne de outras lesões ósseas. As imagens produzidas revelam uma depressão concava bem definida na mandíbula, normalmente sem sinais de alterações patológicas associadas.

No caso em questão, o paciente apresentou um defeito ósseo de Stafne no lado esquerdo da mandíbula, inicialmente suspeito em uma radiografia panorâmica. No entanto, a tomografia de alta resolução confirmou que se tratava apenas de uma variação anatômica e não de uma lesão óssea.

Essa capacidade de identificar e diferenciar precisamente tais características anatômicas e patológicas é a razão pela qual a tomografia de alta resolução é tão valorizada na odontologia moderna.

Na Imagem Radiologia, temos o compromisso de fornecer imagens de alta qualidade e precisão para auxiliar nossos parceiros dentistas em seu diagnóstico e planejamento de tratamento. Conheça nossos serviços e descubra como podemos ser seu aliado no cuidado com a saúde bucal de seus pacientes.

Sobre o blog

Um canal sobre qualidade e comprometimento em radiologia odontológica.

categorias

posts destaque